MEGA OPERAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL HOJE EM CORONEL VIVIDA

PCPR

PCPR

O Departamento da Pol√≠cia Civil do Paran√°, por intermédio da Delegacia de Pol√≠cia de Coronel Vivida, deflagrou na manhã desta quinta-feira, dia 29/02/2024, a Operação Baioneta, no munic√≠pio de Coronel Vivida.

Desde as primeiras horas da manhã dezenas de policiais civis de diversas regiões do Estado e também de Santa Catarina estão nas ruas de Coronel Vivida para o cumprimento de 48 ordens judiciais expedidas pelo ju√≠zo criminal da comarca, entre mandados de busca e apreensão e de prisão tempor√°ria.

O objetivo da operação é desarticular uma organização criminosa voltada ao tr√°fico il√≠cito de drogas enraizada na cidade de Coronel Vivida e que é comandada por dois detentos a partir da Penitenci√°ria Estadual de Francisco Beltrão.

Estão sendo empregados na operação aproximadamente 140 policiais civis, 40 viaturas da PCPR, um helicóptero e cerca de dez unidades de cães farejadores.

Participam da operação agentes da Delegacia de Coronel Vivida, da Subdivisão policial de Pato Branco, das Subdivisões policiais de Francisco Beltrão, Guarapuava, Cascavel e Laranjeiras do Sul, das Delegacias da Mulher de Pato Branco e de Francisco Beltrão, dos Denarcs de Pato Branco e de Cascavel, dos N√ļcleos de Operações com Cães de todo o Estado do Paran√° e também de Santa Catarina, além do Grupamento de Operações Áreas da Pol√≠cia Civil do Paran√° e policiais penais do Departamento Penitenci√°rio do Paran√°.


A operação foi recebeu o nome de "Baioneta" em alusão aos policiais que trabalham em pequenas unidades no interior do Estado e que são respons√°veis pela segurança de toda a população de uma ou mais cidades. Esses agentes trabalham na linha de frente combatendo a criminalidade, tal qual o soldado na guerra de trincheira que por vezes é obrigado a travar uma luta corpo a corpo com o inimigo para vencer a batalha. Nesses embates, a arma desses homens, em razão da proximidade com o opositor, é a baioneta acoplada à boca do fuzil.