CORONEL VIVIDA INICIA IMUNIZAÇÃO DE REFORÇO CONTRA A COVID-19 PARA POPULAÇÃO ACIMA DE 70 ANOS E GESTANTES

Crédito: Setor de Epidemiologia

Crédito: Setor de Epidemiologia

Nesta segunda (27), inicia no Brasil mais uma etapa da campanha de vacinação contra a Covid-19.

Conforme a enfermeira respons├ível pelo setor de Epidemiologia da Secretaria de Sa├║de de Coronel Vivida, Adineia Gubert, essa vacina é uma atualização referente aos primeiros imunizantes fabricados contra a doença.

"A vacina bivalente, que vamos disponibilizar a partir de amanhã, às 8h, no Posto de Sa├║de Central, vem em forma de reforço; destinada aos grupos priorit├írios. Em Coronel Vivida, a princ├şpio, para idosos acima de 70 anos, além das gestantes (sobretudo as que estejam no ├║ltimo trimestre de gestação)", destaca, convidando esses grupos, que deverão portar o Cartão SUS e a Carteira de Vacinação para receber a dose.

"Caso os idosos estejam acamados e/ou tenham dificuldade de locomoção, pedimos que entrem em contato com as suas respectivas equipes de Estratégia de Sa├║de da Fam├şlia, para que as doses sejam aplicadas em seus domic├şlios".

A enfermeira lembra que, para ser imunizado, é necess├írio respeitar o intervalo de quatro meses, referente à ├║ltima dose que recebeu a vacina, conforme orienta o Ministério da Sa├║de. Ainda, ter recebido, no m├şnimo, duas doses da monovalente.

Também ressalta que, ao contr├írio das doses anteriores, as gestantes não precisarão mais ter prescrição médica para receber a imunização da bivalente. "Sendo gestante, trazendo a carteirinha e o Cartão SUS, ela ter├í direito à dose de reforço".

No caso dos demais grupos, que não estejam em dia com a vacinação contra a Covid-19, ela destaca a importância de procurarem o Posto de Sa├║de Central para receb├¬-las. "Àquelas pessoas, que ainda não fizeram as doses dispon├şveis da monovalente, pedimos que atualizem. Assim, poderão futuramente fazer o reforço com a vacina da Covid-19 bivalente".

Adineia orienta: "É muito importante que todos estejam em dia com as vacinas. Sobretudo, esses grupos que passarão a receber o reforço nesta segunda. Felizmente, o n├║mero de óbitos diminuiu muito, desde que a vacina começou ser disponibilizada. Por isso, pedimos que venham receber a imunização".