Coronel Vivida intensifica ações de prevenção no Outubro Rosa

A mortalidade por c√Ęncer de mama no munic√≠pio √© baixa, tendo em vista que a maioria dos casos √© detectada de forma precoce. Confira algumas orienta√ß√Ķes feitas sobre o assunto pela enfermeira e diretora do Departamento de Sa√ļde B√°sica da Secretaria de Sa√ļde de Coronel Vivida, Jaiana Gubert

Jaiana Gubert é diretora do Departamento de Saúde Básica de Coronel Vivida (Crédito: Prefeitura de Coronel Vivida)

Jaiana Gubert é diretora do Departamento de Saúde Básica de Coronel Vivida (Crédito: Prefeitura de Coronel Vivida)

Considerado o segundo tipo mais comum, depois do c√Ęncer de pele, o c√Ęncer de mama é o que causa mais mortes por c√Ęncer em mulheres. Para se ter uma ideia, conforme dados do Instituto Nacional do C√Ęncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), neste ano, s√£o mais de 66 mil casos novos estimados e, em 2019, houve cerca de 18 mil mortes em decorr√™ncia da doen√ßa.

Por isso, existem campanhas mundiais, como o Outubro Rosa, que t√™m como objetivo compartilhar informa√ß√Ķes e promover a conscientiza√ß√£o sobre o c√Ęncer de mama, a fim de contribuir para a redu√ß√£o da incid√™ncia e da mortalidade pela doen√ßa.

Segundo a enfermeira e diretora do Departamento de Saúde B√°sica da Secretaria de Saúde de Coronel Vivida, Jaiana Gubert, a mortalidade por c√Ęncer de mama no município é baixa, tendo em vista que a maioria dos casos é detectada de forma precoce.

Assim, buscando ampliar ainda mais a conscientiza√ß√£o para as mulheres vividenses, Jaiana conta que durante esse m√™s ocorrem v√°rias a√ß√Ķes, como intensifica√ß√£o de coletas de preventivos e mamografias; e amplia√ß√£o de hor√°rio das coletas, no período noturno, para que àquelas que trabalham durante o dia possam realizar os exames.

As coletas de preventivos noturnos est√£o ocorrendo na Unidade de Saúde Central. J√° foram realizadas nos dias 4 e 6 de outubro, bem como haver√° nos dias 20, 21, 27 e 28 de outubro. Para ter acesso, basta agendar o hor√°rio, por meio do contato (46) 3232-1435.

Ela destaca que o público-alvo para essas a√ß√Ķes noturnas s√£o pacientes que trabalham durante o dia e que n√£o realizaram suas coletas de preventivos nos últimos dois anos.

Orientação

Para que os casos continuem sendo detectados precocemente, a enfermeira orienta as mulheres [inclusive as mais jovens] a realizarem o autoexame das mamas, "a fim de que conheçam o seu corpo e que, eventualmente, venham a descobrir algum achado".

Ela afirma que muitas ficam com dúvidas se est√£o realizando da forma correta ou n√£o. Por isso, "no consultório, durante as coletas de preventivos, costumamos orient√°-las quanto à forma correta de realizar o autoexame e, em caso de dúvida, a primeira coisa a se fazer é procurar um profissional capacitado para orienta√ß√£o dos passos seguintes".

Jaiana completa: "Normalmente, diante de um achado suspeito, a mulher é encaminhada para realizar exame de mamografia ou ultrassonografia das mamas, dependendo da idade da paciente e de cada caso".

A profissional destaca que o autoexame n√£o substitui o exame clínico, o qual é realizado por um profissional de saúde capacitado. Porém, segundo ela, é de suma import√Ęncia a detec√ß√£o precoce do c√Ęncer de mama, "pois muitas mulheres encontram seus nódulos durante o exame, aumentando as chances de sucesso no tratamento", diz, acrescentando: "Infelizmente, percebemos que existem muitos casos de c√Ęncer de mama em mulheres com menos de 50 anos de idade em nosso município. Por isso, a import√Ęncia da avalia√ß√£o antes dessa faixa et√°ria, sempre que possível, diante de qualquer achado suspeito".

Confira alguns sinais e sintomas, elencados pela enfermeira Jaiana, que o c√Ęncer de mama pode apresentar:

- Incha√ßo de toda ou parte de uma mama (mesmo que n√£o se sinta um nódulo);

- Nódulo único endurecido;

- Irritação ou abaulamento de uma parte da mama;

- Dor na mama ou mamilo;

- Invers√£o do mamilo;

- Eritema (vermelhid√£o) na pele;

- Edema (inchaço) da pele;

- Espessamento ou retração da pele ou do mamilo;

- Secreção sanguinolenta ou serosa pelos mamilos;

- Linfonodos aumentados.