Homem de Saudade do Iguaçu sofre golpe financeiro em Coronel Vivida

PMPR

PMPR

Compareceu a sede da 3ª Cia um senhor, relatando que na segunda-feira (13), entrou em contato com uma pessoa que anunciava a venda de um veículo, um Astra de cor prata, pelo valor de R$16.500.00 (reais). E que ontem (14) a vítima realizou a transferência bancária na conta de uma segunda pessoa, uma mulher.

Ao chegar à resid√™ncia onde retiraria o ve√≠culo, a pessoa que estava em posse que se apresentou como cunhado do vendedor na data anterior, enquanto testavam o ve√≠culo, o homem j√° n√£o confirmou que teria tal parentesco e relatou n√£o poder entregar o ve√≠culo por n√£o conseguir contato com o vendedor, que também o ve√≠culo estaria em nome do antigo propriet√°rio e os documentos de transfer√™ncia estaria em posse deste.

A v√≠tima se retirou do local, se encaminhando a sede da Pol√≠cia Militar. Foi tentado contato com o vendedor por diversas vezes e n√£o logrado √™xito, sendo informado pela operadora que o numero n√£o existe, até mesmo no app de WhatsApp no contato que antes possu√≠a foto, o vendedor modificou e j√° n√£o aparece mais, também n√£o consegue mais enviar mensagens pois foi bloqueado.

J√° na Cia de policia foi identificado no grupo do Facebook de "bricks" da cidade que uma pessoa com o mesmo nome que constava na conta em que foi depositado o dinheiro, j√° estaria anunciando novamente tal ve√≠culo por valor maior. A v√≠tima informa que, solicitou informa√ß√Ķes no banco Caixa Econômica Federal, sendo orientado a procurar o PROCON, relata também que o vendedor apresentou como advogado na cidade de Pato Branco.