PM PRENDE GENRO E SOGRA POR TRÁFICO DE DROGAS EM CORONEL VIVIDA

Portal Vividense

Portal Vividense

Ontem, por volta das 17h, na Rua Leonardo Gural dos Santos, Bairro Francisco Gugik a equipe do Reforço Operacional da 2┬¬ Companhia, após tomar conhecimento de diversas denúncias de tr├ífico de drogas no bairro Francisco Gugik, realizou o monitoramento e vigil├óncia do local denunciado, onde foi realizado abordagem de um indivíduo (41), o qual a instantes teria saído da resid├¬ncia monitorada, em busca pessoal foi localizado uma porção de subst├óncia an├íloga ao crack, questionado o mesmo onde teria comprado, informou que comprou na resid├¬ncia a qual saiu, diante do fato foi deslocado até a resid├¬ncia, a qual encontrava-se na parte de fora uma mulher (43 anos), questionado sobre a venda do entorpecente, a mesma confessou que teria vendido ao usu├írio e teria mais no interior da resid├¬ncia, indicando para a equipe onde estaria guardado, realizado dilig├¬ncias e localizado em uma caixa 6,9 gramas de subst├óncia an├íloga ao crack embaladas prontas para venda, 3,3 gramas de subst├óncia an├íloga a cocaína, 238 gramas de maconha, 01 balança de precisão, R$ 344,00 reais em dinheiro trocado e utensílios para embalagem da droga.

A mulher informou a equipe que somente faria a venda durante o dia, pois a droga seria de seu genro, o qual estaria trabalhando, se deslocado até o endereço informado por ela e localizado seu genro (20 anos), perguntado a respeito do entorpecente localizado na resid├¬ncia, o mesmo de pronto assumiu que seria de sua propriedade e que estaria realizando a venda como forma de um "bico".

Diante do exposto foi dado voz de prisão ao mesmo, retornado a resid├¬ncia e dado voz de prisão a feminina, ambos pelo crime de tr├ífico de drogas, encaminhados juntamente com o maior usu├írio, entorpecentes e objetos apreendidos para a sede da 2┬¬ Companhia de Polícia Militar de Coronel Vivida para confecção do Boletim de ocorr├¬ncia e posteriormente até a sede da 12┬¬ Central de Flagrantes, no município de Pato Branco para provid├¬ncias cabíveis.