COM 104 AGENTES E MUITA TECNOLOGIA, FORÇAS DE SEGURANÇA DO PR SEGUEM APOIANDO O RS

SESP/PMPR

SESP/PMPR

As forças de segurança do Paran√° t√™m feito a diferença no atendimento às v√≠timas das enchentes e na manutenção da ordem no Rio Grande do Sul. Primeira unidade da Federação a enviar apoio ao estado ga√ļcho logo após o in√≠cio da tragédia ambiental, o Paran√° est√° com um contingente de 104 agentes de segurança em solo ga√ļcho. São 37 bombeiros, 28 policiais militares, 35 policiais civis e quatro técnicos de per√≠cia da Pol√≠cia Cient√≠fica.

Esse efetivo realizou até terça-feira (14) 1.030 resgates de pessoas e 461 de animais. A grande maioria desse trabalho foi executado pelo Corpo de Bombeiros, mas tanto a Pol√≠cia Militar quanto a Civil também prestam esse apoio quando necess√°rio. A PM e a PCPR estão focadas na manutenção da ordem p√ļblica no Rio Grande do Sul, com patrulhamento nas ruas e nos abrigos (são 70 mil desabrigados), bem como apoio nas investigações de crimes. J√° a Pol√≠cia Cient√≠fica vem ajudando as autoridades ga√ļchas na remoção e identificação de cad√°veres.

O Paran√° também enviou tr√™s helicópteros para auxiliar nas buscas – um do Corpo de Bombeiros, um da Pol√≠cia Militar e um da Pol√≠cia Civil. E eles t√™m feito diferença no Rio Grande do Sul. Uma das aeronaves é o Falcão 12 do Batalhão de Pol√≠cia Militar de Operações Aéreas (BPMOA). O helicóptero conta com câmera termal, que mescla imagens normais com projeções de calor, capaz de identificar poss√≠veis v√≠timas mesmo no escuro. A aeronave também tem deslocamento r√°pido, o que facilita o acesso a locais cr√≠ticos.