Dependência emocional

Crédito: Arquivo pessoal

Crédito: Arquivo pessoal

Dependência emocional caracteriza-se por um apego demasiado; uma necessidade de aprovação da pessoa relacionada; falta de confiança e amor próprio; culpa e tristeza.

Podemos também identificar como um apego patológico, que se caracteriza a colocar o "outro" no centro da sua própria vida: um vício emocional. Necessitando urgente de acompanhamento psicológico ou terapêutico.

O dependente vive do consentimento, função da expectativa e opinião alheia (família, amigos ou trabalho).

Ele praticamente não consegue fazer escolhas por medo de desagradar, ser criticado ou julgado por àqueles que considera importante em sua vida. Indivíduo inseguro, não acredita no seu potencial, submisso, frágil, incapaz de agir sozinho.

Todos somos dependentes ao momento que nascemos. John Locke afirma que, ao nascermos, somos como uma folha em branco "tábula rasa".

Com as experiências adquiridas e ensinamentos, o ser humano começa a fase do individualismo para a evolução do amadurecimento mental e físico.

O problema é a fase e as situações vividas na infância — consequências de acontecimentos não resolvidos —, que resultam em adversidades na vida adulta, refletindo em inseguranças e medos.

Para Nietzsche, "a vida é conflito e turbulência, entre ordem e desordem, paz e caos".

O sofrimento é necessário para obter alegria, paz, evolução, que levam à independência, equilíbrio e inteligência emocional, para lidar com conflitos internos e externos.

Infelizmente, esse indivíduo é incompreendido, negado, confundido depressivo ou desligado.

Com o passar do tempo, anos desse vício, as pessoas que o cercam se acostumam com os hábitos, tornando-os rotineiros. Mas, o sofrimento interno é tão imenso, que a pessoa pode acabar cometendo suicídio. A dependência emocional é grave e tem que ser tratada!

#dependênciaemocional #apego #filosofando #filosofia #pensamentos #frases #reflexao #mundo #sociedade #comparativo #opinião

*Jenneffer Kelly Nichelle é de Coronel Vivida. Formada em Filosofia, Pedagogia e História. Tem especialização em Metodologia do Ensino de História e Religião. Acadêmica de Biomedicina. Siga sua página no Instagram: https://www.instagram.com/motivando_filosofia/.